Receitas

Adoçantes

De modo geral, alguns alimentos não necessitam de adoçantes, pois já são naturalmente adoçados, como é o exemplo das frutas (frutose) e leite (lactose).

Contudo, alguns alimentos, com menor conteúdo de adoçantes, muitas vezes são adoçados com a sacarose (Açúcar Comum: Açúcar retirado da cana de açúcar). Atualmente, muito se discute sobre açúcar e o seu excesso na alimentação. Uma das alternativas para reduzir o consumo de açúcar é usar os adoçantes naturais e/ou artificiais, também denominados Edulcorantes.

Edulcorantes são substância com alto poder adoçante e que na sua maioria tem baixa caloria ou ausência de calorias.Quadro: Alguns tipos de edulcorantes:

 

(QUADRO DOS ADOÇANTES)

 

Alguns adoçantes são melhores para a saúde que outros? Quais?

Os adoçantes são substâncias habitualmente usados na dieta para reduzir o valor calórico dos alimentos e reduzindo a oferta de açúcar comum. Alguns adoçantes têm sabor residual (gosto amargo) mais exacerbado que outros, contudo as preferências são individuais, de acordo com o paladar do indivíduo.Mas, se associarmos 3 características: sabor doce, menor sabor residual e maior tolerância de ingestão diária, com certeza a SUCRALOSE passa a ser o melhor dos adoçantes.

Qual a principal diferença entre adoçantes sintéticos e naturais?

A origem. Os naturais são extraídos de alimentos. Os artificiais ao produzidos em laboratório têm como base diferentes substâncias. Como vimos no quadro acima.

Todos os adoçantes sintéticos fazem mal à saúde?

Como vimos no quadro anterior, os adoçantes tem contra-indicações, indicações e quantidade de ingestão diária aceitável (mg/kg/dia). Se isso for respeitado, pouco provavelmente o adoçante fará mal a saúde.

Por que adoçantes com Ciclamato de Sódio são proibidos em alguns países? Eles fazem muito mal à saúde?

Os critérios de comercialização de produtos comestíveis são variáveis entre os países. No Brasil, a ANVISA, orienta o consumo de adoçante de acordo com a ingestão diária aceitável (mg/kg/dia) e faz ressalvas para alguns grupos como gestantes, lactantes, crianças e doentes com fenilcetonúria. Se o consumo for racional e orientado por profissional de saúde (medico ou nutricionista) não fará mal para a saúde.

É verdade que adoçantes com Sucralose são os melhores para a saúde? Qual o melhor adoçante?

A Sucralose, como já dita, é um adoçante produzido utilizando como matéria prima o açúcar comum, retirado da cana de açúcar. Por essa razão essa adoçante é o que tem maior margem de segurança de ingestão, além de tem um sabor bastante agradável e sem contra indicações, pode ser usado por todos os públicos.

O uso de alguns adoçantes pode ser tão ruim quanto o uso de açúcar? Por quê?

Não acho adequado fazer proibições. Na grande maioria das situações envolvendo o consumo de adoçantes e açúcares o que vale é o bom senso.O açúcar comum, sacarose, é normalmente contra indicada para pacientes diabéticos descompensados ou que não estão fazendo terapia insulínica associado ao método de contagem de carboidratos. Entretanto, de maneira geral, o excesso desse açúcar por aumentar a secreção de insulina e induzir a obesidade, com acúmulo de gordura preferencialmente na região do abdômen, e isso aumenta muito o risco do desenvolvimento de diabetes.Contudo é importante ressaltar que o consumo exagerado de adoçantes também é prejudicial a saúde do homem.Assim, vale o bom senso sempre!

Qual a dica na hora de uma pessoa escolher um adoçante?

Primeiro é importante ressaltar que adoçantes são substâncias doces, mas não são como o açúcar. Por isso é importante, que o consumidor não espere o mesmo sabor para substâncias tão diferentes. Outro ponto importante é o uso adequado, fique atento ao rótulo, as doses de ingestão e a possibilidade de uso culinário.