Notícias


POSTADO EM 18 DE SETEMBRO DE 2017

Benefícios do damasco para a saúde

Uma fruta com efeito protetor dos antioxidantes e com poucas calorias. A temporada do damasco começa no início da primavera e segue até o final do verão, por isso essas são as épocas ideais para desfrutar dos benefícios da fruta. Conheça neste artigo, alguns motivos pelas quais você deveria incluir os damascos na sua dieta.

Calorias do damasco

Dois damascos de tamanho médio - aproximadamente 100 gramas - têm cerca de 40 calorias. Para se ter uma ideia, um biscoito Oreo de 20 gramas tem 100 calorias. Ou seja, teríamos que ingerir 250 gramas de damascos para consumir as mesmas calorias que contém no biscoito. No ponto de vista nutricional, um damasco é infinitamente melhor do que um biscoito.

Características nutricionais dos damascos: 100 gramas da fruta contêm:

Carboidratos: A maior parte das calorias dos damascos procede do seu teor de carboidratos. 100 gramas de damascos contêm, aproximadamente, 10 gramas de carboidratos, a maioria dos quais são açúcares.

Fibra: Os damascos são uma boa fonte de fibra, algo que é muito benéfico para a saúde intestinal e também ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue. Dois damascos de tamanho médio (100 gramas) fornecem, aproximadamente, 2 gramas de fibra, cerca de 8% da quantidade diária de fibra que precisamos.

Proteínas e Gorduras: Os damascos são frutas com baixo teor tanto de gorduras como de proteínas.

Vitaminas: Excelente fonte de vitamina A e carotenos, que são aquelas que lhe dão a cor entre alaranjado e amarelado. Estes compostos têm propriedades antioxidantes e são essenciais para a visão. A vitamina A é muito importante para manter as mucosas e a pele saudáveis. Contêm vitamina C, embora não em grandes quantidades (7 mg/100 g). A vitamina C é outro antioxidante natural que ajuda o corpo a lidar com as infecções.

Minerais: Os damascos são uma fonte de minerais, como potássio, ferro, zinco, cálcio e manganês. O potássio é um mineral importante para o bom funcionamento do coração, que ajuda a regular a frequência cardíaca e a pressão arterial.

 

Boa fonte de Taninos: Os taninos são substâncias com uma importante função antioxidante, adstringente e anti-inflamatória. Muito recomendável para a mucosa intestinal.

Contém Ácido Oxálico: Que pode formar oxalato de cálcio. Este aspecto é importante considerar, especialmente para aquelas pessoas que sofrem com frequência de cólicas nefríticas de oxalato de cálcio. Isso não significa que não podem comer damascos, mas devem controlar a quantidade que comem para não acumular um excesso de oxalato de cálcio.

Dicas para comprar e conservar os damascos

Os damascos podem ser consumidos ao longo do ano, já que são vendidos secos e em conserva. São ideais para fazer geleias e marmeladas, embora seja verdade que, neste caso, suas propriedades nutricionais são totalmente diferentes.

Os damascos frescos devem ser colhidos no ponto certo. As frutas devem ser ligeiramente macias. Se forem muito firmes, não amadureceram nas árvores, e as frutas maduras nas árvores são sempre as melhores. Para poder desfrutar de todas as suas propriedades, escolha a fruta completamente madura. As frutas podem ser guardas na geladeira, em um recipiente que permite a ventilação.

** Fonte: Saúde Dicas

 

voltar

Outras Notícias